real estate menu left
real estate menu right

Parceiros

Centro_Haloterapia

Medicina Integrativa

Consultas e Tratamento

Farmacia_Barreiros

Medicina Integrativa

Consultas e Tratamento


 

Medicina Integrativa

Consultas e Tratamento

 


Clínica Laços Vitais

Clínica Médica e Enfermagem

O nosso perfil no Facebook - Saúde

Estamos no 

Facebook 

Visite-nos

 

 

Aceda, sugira, comente...

Adicione como amiga

Agradecemos a colaboração

Termografia_clinica

 

Termografia - O que é  e quais os benefícios ?


 

Termografia infra-vermelho computurizada - Aprovada pela FDA

Exame 100% seguro, não tem dor e não é invasiva


termografia_diagnostico

TERMOGRAFIA – na medicina é uma técnica de registo gráfico das temperaturas da superfície da pele, usando uma câmera infravermelha de alto desempenho. O aparelho detecta a radiação infravermelha (calor) emitida pelo corpo, podendo refletir uma fisiologia normal ou anormal. Uma cor é atribuída baseada na temperatura registada naquela parte da pele.

A Termografia é um dos métodos mais modernos de diagnóstico por imagem digital da actualidade. É capaz de detectar inúmeras doenças, muitas vezes não detectadas por outros métodos e de forma ainda mais precoce.


É um exame totalmente não invasivo e sem nenhum contacto físico. Além de não emitir nenhum tipo de radiação é totalmente indolor. Portanto pode ser usado em crianças e grávidas, nas quais podem ser efectuados exames sem nenhum tipo de risco. É também particularmente indicado para pessoas que já sofreram outros tipos de exames e procedimentos dolorosos que mostram resistência na realização de mais exames ou provas diagnosticas.

A Termografia pode-se ser repetida quantas vezes quanto necessária sem risco ou dor para o paciente.

 


 

termografia_clinica

 

Aos 20 anos - 1ª Termografia

Dos 20 aos 29 anos - Exame de Termografia de 3 em 3 anos

Acima dos 30 anos - Exame de Termografia Anual

Pessoas com tendências patológicas - Exame de Termografia de 6 em 6 meses

 

A termografia tem uma fiabilidade muito alta no diagnóstico complementar de lesões malignas e pré-malignas da mama e da pele.

 

A termografia pode detectar alterações suspeitas de malignidade na mama alguns anos antes de serem visíveis pelos outros métodos de diagnóstico de imagem – mamografia e ecografia.
Um estudo publicado no American Journal of Radiology, de Janeiro de 2003, conclui que a termografia pode prevenir muitas biópsias desnecessárias e «a termografia oferece um procedimento seguro e não invasivo que poderá ser de grande valor, como coadjuvante da mamografia para determinar quando uma lesão é benigna ou maligna» (American Journal of Roentgenology Vol. 180. Jan 2003: 263-269).
Termografia_o_que_e
A termografia é uma boa opção no diagnóstico complementar e na avaliação da eficácia dos tratamentos em doenças inflamatórias articulares, poupando o doente à exposição repetida a radiações.

 

Cancro Mama direita

Hipertermia no canto superior da mama direita com sinais de metastases na zona da clavícula.
Hipotermia na zona dos externo indicando uma imunodeficiência secundária das células T (disfunções a nível do Timo).

 

 

Bases fisiológicas e fisiopatológicas da termografia


A dissipação do calor (energia térmica) corporal, em grande parte, faz-se por radiação infra vermelha dependente do fluxo e volume sanguíneo circulatório subcutâneo. Este calor vem, principalmente da actividade metabólica muscular e dependendo da fase alimentar em que se encontra a pessoa , pode ser , em menor parcela , da actividade metabólica visceral.

Mais de 90% do suprimento sanguíneo da pele passa por arteríolas com diâmetro <0,3mm, directamente ligadas ao plexo venoso (shunts), para regular a temperatura corporal e apenas 10% é para o sistema capilar que nutre a pele. Essas pontes venosas subcutâneas estão ligadas ao tecido muscular e terão maior ou menor comprimento, dependendo da espessura do tecido adiposo e fazem um fluxo de contra corrente com o sistema arteriolar, que por sua vez serve para dar maior equilíbrio térmico ao sangue, devido às trocas existentes entres vênulas e arteríolas.

Ao redor de 3 a 4% do débito cardíaco normalmente é para o fluxo cutâneo e em condições de estresse pelo calor , o fluxo pode ser aumentado em 10 vezes e o fluxo sanguíneo na rede de capilares da nutrição cutânea pode ter apenas 1%. O fluxo sanguíneo da rede arteriolar e venular subcutânea é controlado pelo sistema nervoso simpático (noradrenalina) , diminuindo-o e consequentemente decrescendo a emissividade do infravermelho . Portanto, qualquer patologia que afecte directa ou indirectamente o sistema nervoso simpática provocará diminuição da emissividade do infravermelho (hipotermia) e em caso de falência deste ocorrerá aumento do fluxo sanguíneo e consequente aumento do fluxo sanguíneo e consequente aumento da emissividade.

Nos casos de patologias dolorosas de origem inflamatória neurogénica, infecciosas ou não, ocorrerá ao nível das terminações nervosas do tipo C a libertação de substância P (SP), ou no endótélio capilar ou dos macrófagos, a produção e ou libertação do óxido nítrico produzindo intensa vasodilatação e consequente aumento significativo da emissividade do infravermelho (hipertermia).

Nas patologias inflamatórias por trauma, reumáticas ou infecciosas teremos a produção e libertação das prostaciclinas e bradicinina, potentes vasodilatadores que por sua vez libertarão SP e óxido nítrico. Teremos também alterações hipertérmicas, ou hipotérmicas em patologias especificas que atinjam directa ou indirectamente o sistema venoso, arterial e ou microvascular.

 

termografia_o-que-e2Hipertermia na face indicadora de Renite

 

A Precisão e Exactidão com a Termografia

O corpo humano é composto de milhares de elementos que se podem desregular . É difícil , para não dizer impossível , fazer uma avaliação de todos esses elementos, muitas vezes quanto mais fortes são os sintomas, mais longe se encontram as causas. Por exemplo uma dor dorsal é reflexo muitas vezes de problemas digestivos ou biliares que afectam a coluna, e não de problemas osteo - articulares. As vértebras e discos sofrem danos por um aumento de estímulos irritativos provenientes dos órgãos afectados. Com a termografia podemos entender essa relação.

A termografia permite também descobrir lesões e problemas com que não sonhais sequer, uma vez que não sentis qualquer dor ou sinal que vos alerte. Esta possibilidade é muito importante porque todos sabemos que, por exemplo um cancro, não surge de um dia para o outro e quando se detecta normalmente já é tarde demais. Com a termografia podemos pôr em evidência situações que até então estavam ocultas , permitindo-nos essa possibilidade de desenvolver uma acção preventiva.

Com a termografia podemos fazer a ligação e estabelecer a relação entre diferentes patologias, e em especial escolher as zonas , órgãos ou meridianos onde agir em primeiro lugar.

 

 

Alguns factos / evidencias de instituições mundialmente conhecidas :

 

– The Biomedical Handbook

“1982 FDA approved Thermography as an adjunctive Breast screening procedure. Breast Thermography has the ability to detect the first signs of a tumor that may be forming up to 10 years before other procedures can detect it. The greatest evidence supporting the underlying principle of thermal imaging regarding cancerous tumors surrounds the well documented recruitment of existing vascularity and diagnosis. Conclusion-it has the ability to signal an alarm that cancer may be forming up to 10 years before other procedures can.”

 

– National Cancer Institute

“Thermography’s digital infrared imaging can detect the increase in regional breast temperatures resulting from measured blood vessel activity in both pre cancerous tissue and the area surrounding a developing breast cancer.”

 

– The Lancet - One of the oldest most respected medical journals in the world

“Screening for breast cancer with mammography is unjustified…the data show that for every 1000 women screened biennially throughout 12 years, one breast-cancer death is avoided whereas the total number of deaths is increased by six…there is no reliable evidence that screening decreases breast-cancer mortality.”

 

– Albert Einstein Medical Center, Division of Radiology

“Thermography is a safe examination that can be utilized for preliminary screening.”

 

– National Cancer Institute

“Radiation is a known risk factor for cancer.”

United States Library of Medicine, Pub-Med Central, Journal List, International Seminars in Surgical Oncology

“Dynamic, Thermal analysis of the breast is a safe, non-invasive approach that seems to be sensitive for the early detection of Breast Cancer.”

 

–The Lancet - One of the oldest most respected medical journals in the world.

“Atherosclerosis, a disease of the blood vessels, commonly known as hardening of the arteries. Newly adopted technology such as Thermography.”

 

– Neuro Surgery Online

Interoperative application of Thermography in Extra Cranial By Pass surgery; Conclusion: “Thermography is useful not only to demonstrate the distribution of blood flow through the extra cranial, intracranial bypass but also to quantitatively evaluate the RCBF changes in the operative fields.”

 

– American Heart Association

Suggests Thermography as an initial screening


 

Diagnósticos


 

termografia_tripe

A realização da termografia clínica

 

A termografia clínica é realizada por profissionais certificados e qualificados, numa sala com a temperatura rigorosamente estabilizada entre 20ºC e 24ºC e demora cerca de 15 minutos. Previamente é necessário que a pessoa a examinar estabilize e adapte a sua temperatura corporal à temperatura da sala o que exige entre 10 a 15 minutos. A termografia clínica consiste na captação de cerca de 20 termogramas que abranjam toda a superfície corporal. A distância entre o equipamento e a pessoa a examinar varia entre 1,5 m e 3 metros.

 

Imagens com os dados térmicos são geradas em tempo real e em um instante, uma área extensa do corpo humano pode ser vista. As respostas dinâmicas a estímulos (ex.: gelo, calor) são documentadas facilmente. Estas imagens são chamadas de termografias infravermelhas.

 

 

 

Previna-se contra o CANCRO e outras DOENÇAS

 

Continuar...
 

Identificação e desbloqueio de pontos gatilho (Trigger Points) que causam dor


Termografia_Trigger_points

 

Uma vez detectados os Trigger Points (Pontos Gatilho) que causam dor, realizamos a manipulação necessária para que os mesmos sejam desbloqueados, eliminando assim a dor local e/ou reflexa.

 

A termografia é um moderno meio de diagnóstico funcional, não invasivo e sem qualquer contra-indicação ou risco.
A termografia põe em evidência as diferenças de temperatura corporal, reproduzidas em diferentes cores.
Correctamente analisadas, estas diferenças térmicas permitem identificar de situações clínicas por vezes impossível de objectivar por outros métodos de diagnóstico médico por imagem. É o caso dos pontos dos meridianos de acupunctura bem como de Trigger Points.


Os Trigger Points (Pontos Gatilho) são nódulos localizados na espessura de uma banda miofascial tensa, cuja pressão reproduz na totalidade ou parcialmente as queixas dolorosas do doente. Os pontos-gatilho miofasciais são a mais comum, e no entanto mais mal reconhecida e tratada, causa de dor na prática médica (Janet Travell 1972).



Termografia_trigger_point2Habitualmente estes pontos são detectados pelo método de palpação, um método subjectivo e frequentemente falível.
Perante um quadro clínico com queixas de dores musculo-esqueléticas em que seja identificado um Trigger Point este deve ser tratado (desactivado) pelo método de acupunctura, o que normalmente alivia a dor à pressão e diminui a tensão da banda muscular tensa.

A termografia permite a  identificação dos Trigger Points de uma forma clara e objectiva, possibilitando uma maior eficácia do tratamento.
Alguns Trigger Points detectados pela termografia são de uma nitidez e precisão assinalável.

 

 

 

Visualização interactiva 3D dos Trigger Points e respectivas zonas reflexas de dor

 

 


 

 

 

 


Receber Newsletter

Apoio permanente

Calcule o seu Peso Ideal


IMC - Índice de massa Corporal

Peso:
Altura:

Visitas




Hoje: 46
Ontem: 65
Esta Semana: 111
Semana Passada: 339
Este Mês: 1194
Mês Passado: 1189
Total: 3697


Área reservada



JoomlaWatch 1.2.11 - Joomla Monitor and Live Stats by Matej Koval



Copyright © 2011 - Lurdes & Júlia Ltd
sounatura ® é uma marca registada de Lurdes & Júlia Lda
.